Declaração Pública da Assembleia Metodista

Logo Iema

A XXV Assembleia Geral da Igreja Evangélica Metodista da Argentina (IEMA) realizada entre os dias 17 e 21 de agosto, emitiu uma declaração pública que aqui se reproduz na íntegra.

Aos 500 anos da Reforma Evangélica Protestante, que deu um ar renovado e purificado à Igreja, e aos mais de 180 anos de vida na Argentina do metodismo que sustenta sua identidade ecumênica e profética, comprometida com o tempo que lhe cabe viver, e no contexto da XXV Assembleia Geral, sob o lema “Jesus, vida para descobrir e compartilhar”

ü Proclamamos um evangelho de amor e verdade, revelação de um Deus da vida e anúncio da esperança. É essa luz do mundo que desnuda toda a aparência que pretenda instalar-se como uma visão única da realidade e do bem-estar, negando o sofrimento e a dor de milhões de pessoas que sofrem os efeitos devastadores dos projetos globalizadores que sujeitam tudo a um único sistema econômico e de poder. Este sistema se vale das mídias e da indústria cultural que criam uma ficção que esconde a realidade e propõem uma falsa diversidade e diálogo desmentidos por seu autoritarismo e constante discriminação.

ü Proclamamos que em Deus há graça tornada justiça, que se fortalece em meio às desigualdades cotidianas, onde o poder impõe seu arbítrio, onde os direitos são desconhecidos e se dificulta o acesso a um poder judicial que muitas vezes nega a verdadeira justiça, que é usada como mais uma mercadoria de troca e que descarta a própria vida, como obra única de Deus, dada a cada ser humano.

Nós proclamamos que em Cristo há vida a ser compartilhada em forma abundante e plena, a qual se opõe ao individualismo e solidão desta sociedade, e que a mera acumulação de bens de uso e intercâmbio em poucas mãos resulta em pobreza e marginalidade para milhões de pessoas, que esperam resposta à sua fome e exclusão, para nossos povos originários, idosos e idosas, crianças, pessoas privadas do acesso ao emprego, bem como para aqueles que são discriminados por sua condição de gênero, de etnia, de sua procedência geográfica, de migrantes internos e externos que ainda aguardam amparo e proteção na sociedade argentina.

ü Nós proclamamos que o anúncio e defesa desses direitos é um princípio básico que nos mobiliza e nos reúne como uma igreja fiel ao Evangelho.

Como Igreja Metodista Evangélica na Argentina, fieis ao Deus da vida encarnado em Jesus, Senhor da história, nós nos comprometemos com as situações nas quais a solidariedade, a tranquilidade e o apoio concreto às pessoas mais vulneráveis se tornam imprescindíveis. Da mesma forma, assumimos esse compromisso com a certeza de anunciar a graça vivificante de Deus que vence a morte e todo o tipo de projeto que atente contra sua criação e negue o acesso genuíno de todo ser humano a uma vida plena. + (PE/Noticias Metodistas)

Traducción ¨Prof Sergio Marcus Pinto López. Skype Sergio.marcus1

SN 294/17

 

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s