A agonia das florestas do mundo

Bosques

O desmatamento avança 13 milhões de hectares por ano. É assim que se celebra o Dia Internacional das Florestas

Os pulmões da Terra

É assim que são chamadas as florestas por seu papel relacionado à produção de oxigênio e à captura de dióxido de carbono. Isso consegue melhorar a qualidade do ar que respiramos, ao purificar as camadas mais baixas da atmosfera.

O equilíbrio entre os gases é essencial para prevenir o aquecimento do planeta. O reino das plantas habita a Terra muito antes de o homem levantar seu império. Hoje, o desmatamento diminui a massa total de florestas em 13 milhões de hectares por ano. Essa agonia lenta é a que elas vêm sofrendo sem descanso e a qual, apesar de alguns remédios, ninguém consegue curar.

Uma fonte de vida e recursos

As florestas são a associação vegetal como o nome indica. Um conjunto de vida organizada para abrigar mais vida. E elas não são apenas uma fonte de alimento e abrigo. Também atuam como um filtro de água doce, a partir da qual são abastecidos os grandes núcleos urbanos e da qual se alimenta a grande maquinaria da agricultura e da indústria.

Cerca de 1 bilhão e 600 milhões de pessoas dependem diretamente das florestas para viver. A fertilização da Terra e a oxigenação do ar são algumas das suas funções essenciais. O equilíbrio total do planeta depende delas e da grande diversidade que mantêm em seu meio.

O dia de conscientização da humanidade

É inútil dar os parabéns a alguém se a gente não lhe estende a mão. As florestas são um bem precioso e em cada continente há uma amostra diferente desse tesouro. Assim como há áreas que parecem recuperar parte de sua área florestal, existem outras, como na Indonésia e no Brasil, onde as perdas não param de crescer.

As florestas alemãs sofreram muito desde a década de 1980 e ainda não se recuperaram. Os principais problemas de poluição são a amonia, que é utilizada na agricultura, e as emissões de nitrogênio da indústria animal. “O esterco contamina muito o ar e mata as florestas”, disse à Voz da Alemanha o Sr. Rudolf Fenner, funcionário florestal da organização Robin Wood.

É um fato comprovado em todo o mundo que o desmatamento é diretamente responsável pela emissão de 20 por cento dos gases que produzem o efeito estufa. Isso confirma sua estreita relação com o aquecimento global que ameaça todo o planeta.

Desde Nova York, a Organização das Nações Unidas (ONU) quis unir na segunda-feira (21.03.2016) o Dia Internacional das Florestas com o Dia Internacional da Água, a ser celebrado no próximo dia 22 de março. Com essa união, ela quis enfatizar a influência construtiva e recíproca que ambos os bens possuem, um sobre o outro.

Sem florestas não há água, sem água não há vida. + (PE/El Grano de Arena)

Versión en portugués del despacho SN 050/18

Traducción Prof. Sérgio Marcus Pinto Lopes Tradutor e Intérprete

Skype: sergio.marcus1   

SN 052/18

 

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s