Faleceu o criador do Sistema de Orquestras da Venezuela, que possui mais de 948 mil participantes

Maestro Abreu III

Por Sérgio Marcus Pinto Lopes

Brasil

O Sistema Nacional de Orquestras e Coros Juvenis e Infantis da Venezuela conta com 948.725 membros em todo o país que recebem treinamento em 44 centros. Deste total de membros, 59% são mulheres. E esta orquestra também está presente em centros penitenciários onde há mais de 1.700 membros. O chefe de Estado, Nicolás Maduro, destacou o legado cultural, moral e ético deixado pelo maestro José Antonio Abreu, que faleceu neste sábado aos 79 anos de idade, e decretou três dias de luto nacional pela infeliz perda.

“Um homem como o maestro Abreu deixou uma impressão muito profunda no país, na história. O maestro Abreu fez história do belo, do grande, transmitindo valores, construindo um grande trabalho na juventude, nas crianças, na família venezuelana”, disse ele na Casa Amarela em Caracas.

“O maestro Abreu deixa um grande legado moral, ético e cultural, expresso no sistema de orquestra. Ao Sistema de Orquestra Simón Bolívar, transmito meu sentimento de pêsames. Para a família do maestro Abreu meu acompanhamento”, acrescentou o presidente nacional em declarações transmitidas pela Venezolana de Televisión, informou a AVN.

Nesse sentido, ressaltou que o trabalho do maestro Abreu transcendeu fronteiras, levando música ao Haiti, entre outros países do mundo, onde foi criado o primeiro núcleo do Sistema Orquestra.

“Um grande homem da Venezuela e do mundo. Seu trabalho está aí. Seu trabalho é nos bairros do Haiti, nos bairros da Venezuela. Transcendeu o maestro Abreu. Que Deus te guarde em sua glória para sempre. Obrigado por tudo que você nos deu”, disse ele.

Até o momento, o Sistema Nacional de Orquestras e Coros Juvenis e Infantis conta com 948.725 membros em todo o país que recebem treinamento em 44 centros. Deste total de membros, 59% são mulheres. E esta orquestra também está presente em centros penitenciários onde há mais de 1.700 membros. + (PE / Nodal)

Foto de José Antonio Abreu em Salzburgo, Áustria, em julho de 2013. EFE

Notas extraídas de Prensa Ecuménica, SN 100/18

SN 102/18

 

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s